Entendendo a ferramenta

<< Click to Display Table of Contents >>

Navigation:  Android Studio >

Entendendo a ferramenta

Previous pageReturn to chapter overviewNext page

O Android Studio é uma ferramenta desenvolvida pelo Google baseada na já existente ferramente de desenvolvimento para java "IntelliJ IDEA".

Antes de começar a falar sobre o Android Studio falarei sobre o funcionamento do IntelliJ, esta ferramente utiliza o gerenciador de build chamado "gradle".

Ao criar um projeto você encontrará alguns arquivos do gradle na pasta onde mandou salvar o mesmo, os que estão na pasta raiz é como se fosse uma solution do Visual Studio, os arquivos mais importantes são:

settings.gradle: Indicara quais projetos devem carregado pela IDE, ele pode possuir diversos fontes de projetos distintos, como é feito com o "Market Vendas", nele é indicado o projeto de vendas e também uma biblioteca que desenvolvi que esta localizada em outro local totalmente distinto (Market Lib). Isto não faz um projeto depender do outro, apenas indica para IDE o que deve ser carregado para você trabalhar.

O seguinte comando indica que deve ser carregada o projeto na subpasta "market Vendas":

include ':market Vendas'

 

Já estes dois próximos comandos indicam que será carregado outro projeto que está numa outra pasta separada totalmente desta "Solution":

include ':market Lib'

project(':market Lib').projectDir = new File(settingsDir, '../Market Lib/market Lib')

 

 

Observação: Esta configuração não é referente a bibliotecas de terceiros, isto é para configurar vários projetos para serem carregados juntos onde você possui o código fonte deles e pretende alterar-los frequentemente, e isto também não indica que o projeto "market Vendas" é dependente do "market Lib" no exemplo acima, apenas indica que ambos serão carregados juntos.

 

build.gradle: Este arquivo geralmente não é alterado e também não conheço muito sobre ele, mas nele é possível configurar os repositórios (Web) que o gradle utiliza para efetuar download de bibliotecas de terceiros (Sistema semelhante ao NuGet do Visual Studio mais explicações adiante), geralmente não é modificado e fica como esta ao criar o novo projeto.

 

Agora vamos acessar a subpasta referente ao projeto, nela iremos encontrar outro arquivo "build.gradle", este arquivo possui diversas configurações sobre o projeto. É possivel configurar parâmetros de acordo com a compilação (debug ou release), qual SDK utilizar para compilação, versão e nome do aplicativo, utilização de bibliotecas externas para compilação, entre várias outras coisas.

Estarei explicando aqui somente como vincular bibliotecas próprias e externas ao projeto para compilação, para demais assuntos utilize o Google:

dependencies {

 // Nunca utilizei, mas serve para utilizar todos os arquivos ".jar" que estão na subpasta "libs" do projeto (market Vendas) como bibliotecas da aplicação

 compile fileTree(dir: 'libs', include: ['*.jar'])

 

 // Utilizar a biblioteca própria de fontes do exemplo configurado acima na solution para ser utilizada no projeto "market Vendas"

 compile project(':market Lib')

 

 // Neste formato o gradle irá baixar a ultima versão automaticamente da biblioteca "joda-time" e utiliza-la no projeto

 compile 'joda-time:joda-time:+'

 

 // Neste formato será baixado a versão mais recente da biblioteca de suporte do google onde a versão inicial seja 20. Se não fosse indicado o "20+" e fosse apenas "+" seria baixado uma versão mais recente ainda que é compativel apenas com versões mais recentes do SDK android (Versão 4.4, L ou superior)

 compile 'com.android.support:support-v4:20+'

 

 // Não sei, mas nesta biblioteca tive que adicionar isso pra não dar erro ao compilar, o google que me dice pra fazer isso :D

 compile('org.simpleframework:simple-xml:+') {

         exclude module: 'stax'

         exclude module: 'stax-api'

         exclude module: 'xpp3'

   }

}

 

 

 

Atalhos

 

Ctrl + B: Entrar no método (F12 do VIsual Studio)

Ctrl + P: Ver argumentos do método (Ctrl + Shift + Espaço do Visual Studio)

Alt + Enter: Utilizar para resolver problemas destacados em vermelho como adicionar uma import faltando, adicionar try/catch obrigatório.